Estranho, muito estranho...

domingo, 13 de janeiro de 2008

Taxa de desemprego atinge menor valor desde 2002, mostra IBGE
20/12/2007 09:20:00

Rio - A taxa de desemprego no Brasil foi estimada em 8,2% em novembro deste ano, o menor valor de toda a série da Pesquisa Mensal de Emprego (PME), iniciada em março de 2002, segundo divulgado nesta quinta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A população ocupada nas seis regiões metropolitanas pesquisadas não teve variação significativa frente a outubro, mas cresceu 3,5% em relação a novembro de 2007.
A população desocupada reduziu-se em 5% frente a outubro e em 12,0% em relação a novembro de 2006.

Pela primeira vez em toda série da pesquisa , em um mês de novembro , o contingente de desocupados ficou abaixo de 2 milhões . O rendimento médio real habitual dos ocupados (R$ 1.143,60) cresceu tanto na comparação mensal (1,3%) quanto na anual (2,4%). Esse indicador também subiu em todas as categorias de ocupação , exceto a dos sem carteira de trabalho assinada , que permaneceu praticamente estável em relação a outubro .

Já o rendimento real domiciliar per capita , (R$ 733,90) cresceu 2,8% no mês e 4,5% no ano. A massa de rendimento médio real habitual dos ocupados (R$ 24,6 bilhões ) cresceu 1,9% no mês e 5,4% no ano.


Desocupação

Em novembro de 2007 a taxa de desocupação foi estimada em 8,2% para o agregado das seis regiões abrangidas pela pesquisa , assinalando declínio de 0,5 ponto percentual na comparação com o mês de outubro , atingindo o menor valor da série histórica da pesquisa , iniciada em março de 2002. No confronto com novembro de 2006, a taxa registrou queda de 1,3 ponto percentual.

Em relação a outubro , houve queda de 5,0% no contingente de desocupados no total das seis regiões pesquisadas. Em relação a novembro de 2006, o recuo foi de 12,0%. Foi a primeira vez , em um mês de novembro , que a população desocupada ficou abaixo dos 2 milhões na série histórica da pesquisa . Considerando-se todos os 68 meses da série da PME, a população desocupada só ficou abaixo dessa cifra por duas vezes : em dezembro de 2005 e em dezembro de 2006.

Entre os desocupados , 57,8% eram mulheres . Por faixas etárias, 8,1% tinham até 17 anos , 36,8% tinham de 18 a 24 anos , 49,1% de 25 a 49 anos e 6,1%, 50 anos ou mais . Além disso, 20,0% estavam em busca do primeiro trabalho e 24,7% eram os principais responsáveis na família .


Essa pesquisa está parecendo discurso de campanha, não acham??? Estou com muitos amigos, que possuem currículos invejáveis, desempregados!!! Existe, realmente, algo estranho atrás da frase: “Foi a primeira vez , em um mês de novembro , que a população desocupada ficou abaixo dos 2 milhões na série histórica da pesquisa”. Agora, seja o que for, vá se preparando, porque esse ano tem eleição e eles não vão desperdiçar nenhuma estatística, principalmente, as que beneficiam eles mesmos!!!

0 Observações: