Será o fim do Monstro do Lago Ness???

sexta-feira, 2 de novembro de 2007

Um terço das espécies de peixes da Europa 'está ameaçada'
01 de novembro, 2007 - 20h55 GMT (18h55 Brasília)

Um terço do total das espécies de peixes da Europa está sob ameaça de extinção, apontou um estudo publicado no livro Handbook of European Freshwater Fishes (Guia dos Peixes de Água Doce da Europa).

O trabalho, realizado em parceria com a organização ambiental internacional World Conservation Union (IUCN) indica que 200 das 522 espécies de peixes de água doce do continente (38%) podem desaparecer, e afirma que 12 já estão extintas.

De acordo com uma "lista vermelha" elaborada pela Conservation Union, os peixes europeus estão muito mais ameaçados do que outras espécies, como aves e mamíferos.

A pesquisa aponta que o desenvolvimento econômico e o crescimento da população européia nos últimos 100 anos são as principais ameaças às espécies.

Aquecimento global

As secas de lagos e rios, que têm sido freqüentes durante os meses de verão por causa do aquecimento global, já levaram à extinção de algumas espécies migratórias, aponta o estudo.

"Com 200 espécies ameaçadas de extinção, precisamos agir agora para evitar uma tragédia", afirmou William Darwall, do Programa de Espécies do World Conservation Union.

"Estas espécies são parte importante da nossa herança e importantes para o equilíbrio do ecossistema, do qual dependemos", acrescentou Darwall. "Muitas destas espécies podem ser salvas por meio de medidas relativamente simples."

Além de informações sobre peixes de água doce, o guia apresenta também dados sobre 24 espécies marinhas que são encontradas em água doce.

Entre as espécies mais ameaçadas estão a enguia européia (espécie anguilla anguilla) e o góbio (gobio delyamurei).

A espécie de peixe coregonus oxyrunchus não é mais observada no continente desde 1940 e acredita-se que já está extinta. O peixe era comum na bacia sul do Mar do Norte, mas desapareceu.

Não se sabe a causa exata da extinção, mas biólogos acreditam que poluição e destruição do habitat foram alguns dos fatores.
Com esse aquecimento global acredito que nem o Monstro de Loch Ness vai resistir ficar tanto tempo escondido!!!!

1 Observações:

Adriano Hantequeste Gomes disse...

mOlá, bem legal a ideia do site, veriquei que você também trabalha com geoprocessamento caso queira trocar informações é só entrar em contato.

Um grande abraço.
Adriano