Vigilância do uso da internet...

sexta-feira, 10 de agosto de 2007

Jovens se expõem demais na web, diz pesquisa
Felipe Zmoginski, do Plantão INFO - Sexta-feira, 01 de junho de 2007 - 16h28


SÃO PAULO - Pesquisa aponta que adolescentes publicam dados pessoais na web e agem sem conhecimento dos pais.

O estudo, divulgado pela empresa de segurança online Garlik revela que, além de repassar dados pessoais e acessar sites proibidos para sua faixa etária, muitos adolescentes marcam encontros com desconhecidos sem avisar os pais. A pesquisa ouviu 500 adolescentes na faixa dos 15 anos de idade e 500 casais de pais.

A Garlik aponta que 20% dos adolescentes marcam encontros com desconhecidos pela internet com alguma freqüência. Do total de adolescentes, 0,5% afirma fazer isto “muito freqüentemente”.
O estudo aponta que os pais só são avisados do encontro em apenas 7% dos casos.

Nestes encontros, 10% dos jovens afirmam ter sofrido algum tipo de constrangimento, que vai desde abordagem ríspida, ofensas verbais até casos de agressão física. Entre todos os jovens 40% afirmam visitar sites proibidos para menores ou restritos pelos pais.

Nas entrevistas com os pais, 90% afirmaram que vigiam os movimentos de seus filhos na internet. A pesquisa sugere que os pais mantenham o PC em local não privado da casa e acompanhem as atividades dos filhos.
Pelo jeito a vigilância está falha! O ser humano pode ser 100% ingênuo e ao mesmo tempo 100% mau! Perigo é algo com que lidamos todos os dias!

0 Observações: