SMS... deletar ou guardar?

domingo, 8 de julho de 2007

Celulares 'deduram' italianos infiéis, diz pesquisa
15 de setembro, 2003 - 21h02 GMT (18h02 Brasília) - Tamsin Smith de Roma


Uma pesquisa publicada pela maior empresa de investigação particular da Itália afirma que em 90% dos casos são os telefones celulares que revelam as atividades extraconjugais de parceiros.

Os italianos são o povo que mais tem telefones celulares na Europa e, com a taxa de divórcios em alta, será que os celulares são os culpados?

"O caso de amor com o telefone celular na Itália é incrível. A maioria das pessoas tem dois ou três", afirma Mirim Tomponzi, a detetive mais famosa e, certamente, a mais glamourosa do país.

"Talvez, nós italianos possamos passar sem os nossos casacos, guarda-chuvas, carros ou motos, mas nunca sem os nossos telefones. Fazemos tudo com os nossos telefones e agora até casos extraconjugais", afirma Tomponzi.

Suspeitas

A pesquisa da companhia da detetive, a Tomponzi Investigações, afirma que em 87% dos casos de infidelidade é o contato por telefone celular que desperta as suspeitas e acaba revelando o affair.

"O meu marido me traiu com a minha melhor amiga. Eu não fiquei sabendo por dois anos", afirmou Francesca, que se separou.

"Ela vinha a nossa casa, assistíamos TV juntas e saímos todos para jantar. Tudo parecia normal. No fim, descobri porque li mensagens SMS dela no celular do meu marido."

Francesca acrescenta que, se não fosse o telefone, ela jamais teria descoberto o caso do marido.

"Todo mundo sabia, menos eu. Todos os nossos amigos, e ninguém me contou", reclama.

Escolha qualquer revista de fofocas italiana e lá estão histórias picantes sobre jogadores de futebol, atores e famosos da TV que foram flagrados pulando o muro e agora enfrentam divórcios.

Vida comum

Na vida dos comuns, isso também parece estar acontecendo.

Com as taxas de divórcio crescendo na Itália, muitos advogados também estão percebendo um aumento no número de pessoas que dá entrada nos papéis em setembro e outubro, depois das férias de verão.

Beatrice Ruggiero, uma advogada de Roma, diz que isso pode estar relacionado aos telefones celulares.

"Percebi talvez 30% a mais de divórcios em setembro do que em outubro do ano passado", diz Ruggiero.

"Vários dos nossos clientes estão dizendo que descobriram as infidelidades dos seus parceiros durante as férias de verão por causa de mensagens SMS enviadas para celulares", explica.

Antes do advento dos celulares, qualquer um que tivesse atividades extra-curriculares tinha que se resignar a não falar com o seu amante durante as férias de verão da família.

No entanto, as mensagens de SMS mudaram isso e, apesar de muitas pessoas ainda passarem os verões construindo castelos de areia com as crianças ou visitando os sogros, é possível entrar em contato com os amantes via celular em qualquer hora ou lugar.

Dicas para trair

Tomponzi diz que os usuários de celulares têm que ser mais cuidadosos. Ela chegou a publicar uma lista de dicas para quem quer manter o seu caso em segredo.

"Você deve apagar imediatamente qualquer mensagem do seu amante que possa entregar o jogo", ensina a detetive.

"Isso é obviamente difícil, já que é duro apagar uma mensagem bonita. Então, você pode ter um outro aparelho escondido e repassar as suas mensagens para ele."

A detetive diz também que é necessário ensaiar para o caso de receber uma mensagem do seu amante na frente do marido ou da mulher.

"E, é claro, você nunca deve dizer 'foi engano' ou 'a ligação está ruim, não consigo te ouvir'", diz Tomponzi.

Com a disponibilidade 24 horas dos celulares, é cada vez mais difícil separar a vida de casado dos casos.

Se enviar uma mensagem de texto em um segundo já teve um efeito dramático sobre os relacionamentos, imagine o quanto o envio de fotos por celulares pode complicar essa situação.


A matéria é antiga, mas creio que as dicas continuam valendo... e se você não quer correr o risco de sofrer uma traição conjugal, o melhor é não casar... só assim você não passa a fazer parte dessa estatística...

0 Observações: