Desodorante versus Câncer de Mama

segunda-feira, 18 de junho de 2007

Pesquisa aponta possível elo entre desodorante e câncer de mama
12 de janeiro, 2004 - 11h38 GMT (09h38 Brasília)

Produtos químicos presentes em desodorantes e outros cosméticos podem se acumular dentro do corpo, segundo um novo estudo.

Pesquisadores britânicos encontraram ésteres usados conhecidos como "parabens" em amostras de tecido removidas de mulheres com câncer de mama.

Embora não haja provas de que eles tenham causado o câncer, os cientistas fizeram uma alerta para que a utilização dos produtos seja reavaliada.

A indústria de cosméticos afirma que essas substâncias, usadas como preservativos e aprovadas por agências reguladoras, não representam risco à saúde.

Testes

Philippa Darbre e sua equipe na Universidade de Reading testaram amostras de 20 tumores retiradas do seio de mulheres diferentes. Em todas as amostras, foram encontrados resquícios dos ésteres.

Os exames indicam que esses produtos químicos se infiltraram dentro do tecido após serem aplicados sobre a pele.

"Este é o primeiro estudo a demonstrar a acumulação dessas substâncias em tecidos humanos", disse Darbre.

"Isso mostra que, se as pessoas forem expostas a essas substâncias, elas vão se acumular em seus corpos."

Ela acrescentou que pode haver razões para as pessoas ficarem preocupadas com as descobertas.

"A sua detecção em tumores nos seios preocupa, já que os 'parabens' parecem imitar a ação do hormônio feminino estrogênio", afirmou Darbre.

"O estrogênio pode promover o crecimento de tumores de mama. Seria assim prudente considerar se os 'parabens' deveriam ou não continuar a ser usados numa linha tão extensa de cosméticos aplicada sobre a área dos seios, incluindo os desodorantes."

Chris Flower, diretor-geral da Associação de Cosméticos e Perfumaria da Grã-Bretanha, disse que o estudo é bem-vindo.

"Informações adicionais são bem-vindas e queremos examinar os resultados em detalhes", disse ele.

"Entretanto, os 'parabens' têm um perfil muito seguro. Temos enorme quantidade de informações que sustentam a segurança do uso desses produtos nos cosméticos", acrescentou.
Aqui só tenho a dizer que apesar de ser considerado farsa o câncer de mama por uso do desodorante, o estudo existe. Vamos esperar para ver os resultados finais.

0 Observações: