Páscoa lembra chocolate (08)

segunda-feira, 2 de abril de 2007

Chocolate meio-amargo 'é mais saudável'
28 de agosto, 2003 - 14h17 GMT (11h17 Brasília)


"Chocolate meio-amargo pode ser mais saudável do que chocolate ao leite, de acordo com um grupo de cientistas.

Pesquisadores na Escócia e Itália dizem que o chocolate meio-amargo tem propriedades anti-oxidantes superiores.

Isso significa que ele pode proteger o coração e as artérias dos danos causados pela oxidação - a corrosão do tecido, que ocorre ao longo do tempo num processo semelhante ao da formação de ferrugem no metal.

Em artigo publicado na revista Nature, os cientistas afirmaram que a adição do leite ao chocolate pode cortar essa propriedade benéfica do alimento.


Benefícios

Estudos anteriores indicam que talvez o chocolate ajude a prevenir doenças cardíacas e até o câncer.

Embora algumas dessas pesquisas tenham feito distinções entre o chocolate meio-amargo e o ao leite, a maioria não se refere a um tipo específico.

No estudo recente, os pesquisadores da Universidade de Glasgow e do Instituto Nacional para Pesquisa de Alimentos e Nutrição, da Itália, fizeram testes usando os dois tipos de chocolate.

Eles recrutaram 12 pessoas saudáveis, sete mulheres e cinco homens, e pediram que comessem os dois tipos de chocolate.

Os cientistas descobriram que os voluntários tinham de consumir duas vezes mais chocolate ao leite do que chocolate meio-amargo para obter a mesma quantidade de anti-oxidantes.

Os pesquisadores também observaram o que ocorria quando os voluntários comiam chocolate meio-amargo e bebiam leite.

O chocolate meio-amargo produzia um aumento de 20% nó nível de anti-oxidantes no sangue.

Entretanto, o efeito não acontecia quando os voluntários consumiam chocolate ao leite ou tomavam leite junto com o chocolate meio-amargo.


Proteínas

"O que isso nos diz é que, provavelmente, as proteínas do leite se combinam com os anti-oxidantes do chocolate", diz o professor Alan Crozier, da Universidade de Glasgow.

"Por conseqüência, eles não estão sendo absorvidos da mesma forma como seriam no caso do chocolate meio-amargo. Os efeitos de proteção se perdem", afirma Crozier.

A descoberta aumenta a possibilidade de que os laticínios afetem as propriedades benéficas de outros alimentos, como as frutas, o chá e o vinho tinto, que, acredita-se, também possui efeitos anti-oxidantes.

Os pesquisadores recomendam que futuros estudos sobre o impacto desses alimentos na saúde levem em consideração os resultados dessa pesquisa.

Os amantes do chocolate meio-amargo vão gostar das novidades, mas o professor Crozier fez uma advertência.

"O chocolate, seja ao leite ou meio-amargo, possui uma grande quantidade de gorduras saturadas, que aumentam os níveis de colesterol e os riscos de doenças cardíacas."

"Eu aconselho um consumo moderado, talvez um pedaço pequeno por dia", concluiu".

Eu concordo com o professor Crozier nada de exageros!!! Aproveitem bem a Páscoa, que ela não tenha apenas o intuito de comer chocolates sem culpa e muito menos o de informar a todos que a partir de amanhã você estará fazendo regime!!!

0 Observações: