Heavy Metal na cabeça!!!

sábado, 7 de abril de 2007

Pesquisa mostra que heavy metal serve de catarse para superdotados
22/03/2007 - 11h05 da Efe, em Londres

"O heavy metal é o som preferido pelas crianças superdotadas do Reino Unido, que encontram neste som visceral uma forma de catarse, segundo uma enquete feita entre estudantes da Academia Nacional para Jovens de Talento.

Grupos de rock pesado como Slayer e Slipknot estão entre os favoritos entre os maiores intelectos do país, que parecem gostar também das letras com mensagens políticas e de forte carga emocional.

Uma pesquisa feita entre estudantes da academia, à qual têm acesso apenas 5% dos jovens com mentes mais brilhantes do país, revela a predileção destes pela "brutalidade visceral" do "heavy metal".

Os responsáveis pela pesquisa reconheceram sua surpresa ao ver que os estilos menos populares entre os superdotados eram os que tradicionalmente são associados às mentes mais privilegiadas, como jazz e música clássica.

O responsável pela pesquisa, Stuart Cadwallader, da universidade de Warwick, disse que os resultados obtidos mostram que estes jovens encontram no "heavy metal" uma espécie de "catarse", de forma particular os que, apesar da inteligência superior, têm baixa auto-estima.

Esse tipo de música agressiva serve também para que canalizem suas frustrações e insatisfação, disse Cadwallader, em conferência realizada na British Psychological Society, na cidade inglesa de York.

De acordo com Cadwallader, "as pressões associadas à condição de superdotado talvez possam ser esquecidas, temporariamente, com a ajuda desta música".
Agora você já sabe porque se sacode tanto a cabeça ao ouvir esse tipo de música (rs – brincadeirinha). Particularmente eu prefiro rock, pop e música árabe... não creio ser superdotada, nem passar perto desse título... no máximo serei uma futura surda, uma vez que adoro um “som alto”.

Agora achei muito interessante o fato de associarem esse estilo de música a uma espécie de “catarse” (segundo o Aurélio: purgação, purificação), pois nossos pais adoram associar esse estilo de música a algo que não presta e adorariam nos ver ouvindo música clássica pelo simples fato de ficarmos com ar de "anjos intelectuais".

2 Observações:

Patri disse...

adorei a matéria, normalmente musica mais clássica é associada a psicoticos, vê se acha algo sobre issso. bjs, patri

Tine disse...

Vou procurar sim!!!
Pode deixar :)