Quem gosta de atrasos???

sexta-feira, 17 de agosto de 2007

Pesquisa Benchmark – Serviço ao Cliente 2006
Resultado de pesquisa realizada entre 2004 e 2005 sobre a evolução da
importância e a qualidade do serviço de distribuição física da indústria de
bens de consumo, na percepção dos supermercadistas

Por Cesar Lavalle

Conclusões
"O ritmo de recuperação da economia tem imprimido forte influência nas relações comerciais entre os supermercadistas e as indústrias de bens de consumo. Às indústrias cabe tirar proveito das oportunidades que surgirão destas mudanças em curso, sendo mais ágeis que a concorrência na adequação de suas estratégias de marketing para melhor atender aos requisitos de seus clientes supermercadistas.

As indústrias devem atentar para o fato de que o serviço de distribuição física está sendo crescentemente valorizado pelos supermercadistas, os quais se encontram significativamente insatisfeitos com o mesmo. Isto significa que existe uma oportunidade para o desenvolvimento de estratégia de marketing vencedora ao se dar mais ênfase aos aspectos relativos ao serviço de distribuição física. Os resultados apresentados demonstram que existe uma forte tendência de aumento de exigência por melhor desempenho da indústria, considerando as três principais dimensões do serviço de distribuição física.

A análise dos resultados também demonstra que existe uma tendência de convergência de desempenho em duas das principais dimensões do serviço de distribuição física, notadamente disponibilidade de produto e consistência do tempo de entrega.
Nesse sentido, será que existe uma tendência de estas dimensões se tornarem cada vez mais qualificadoras, ou requisitos mínimos para a seleção dos fornecedores que pretendem servir a uma determinada rede varejista? Em caso afirmativo, é importante que as empresas passem a considerar, também, outras dimensões do serviço de distribuição física para a obtenção de diferencial competitivo, a um custo provavelmente mais atrativo. Melhorias se tornam mais caras a taxas crescentes à medida que se chega a níveis de excelência de desempenho operacional.

Por outro lado, a expressiva tendência de aumento de exigência por melhor desempenho da indústria reforça a necessidade de as empresas buscarem permanentemente o aperfeiçoamento do seu serviço de distribuição física. Os atuais níveis de insatisfação indicam de existe espaço para as empresas melhorarem sua capacidade de resposta visando atender aos níveis de desempenho demandado pelos supermercadistas.

Como mensagem final, é importante realçar que o esforço de pesquisa é fundamental para manter o negócio alinhado às reais necessidades de mercado. É a partir do monitoramento contínuo do ambiente competitivo que se podem identificar oportunidades para melhor atender ao cliente, antecipando e superando a concorrência."



Este artigo é muito interessante para quem trabalha ou pensa em trabalhar na área de transportes. Por quê? Porque apresenta uma análise do cenário econômico e discute as implicações das mudanças do ambiente competitivo em termos das necessidades supermercadistas.

A "Pesquisa Benchmark - Serviço ao Cliente 2006" foi publicada em Nov/2006 pelo Centro de Estudos em Logística - COPPEAD/UFRJ, aqui coloquei apenas as conclusões das análise estatísticas realizadas, pois o artigo possui 12 páginas e ficaria extremamente logo aqui.

Gostaria de ressaltar ainda, algumas, informações importantes citadas pelo autor:

"- o comércio supermercadista está propondo que a indústria invista mais em aperfeiçoamento do seu processo logístico visando redução de custos;

- o serviço de distribuição das indústrias deverá alcançar 24,4% em importância de decisão do comércio;

- o comércio não se satisfaz com entregas que não compreendam pelo menos 99% do que foi originalmente pedido;

- o varejista não tolera receber mais de 3,1% de entregas atrasadas;

- o tempo máximo de entrega, tolerado pelo varejista, não pode ser superior a 1,9 dia."

"Como ele pode afirmar isso? Com certeza ele utilizou a Estatística como ferramenta em sua análise! Por isso, fica a dica: antes de iniciar um negócio e/ou expandir um já existente, busque por estatísticas na área desejada e/ou procure um Estatístico. Esteja sempre sintonizado com o Mercado e Boa Sorte!"


0 Observações: