Letra D

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2007

Dado: Qualquer tipo de representação que tenha um significado. (EEA)
Dados: Conjunto de qualquer tipo de informação detalhada e quantificada, resultado de medições ou experiências realizadas com objetivos específicos, usado como referência para determinações, estudos e trabalhos científicos. "Toda a informação factível de ser resumida em um código, uma cifra, um esquema, um plano ou uma foto. Quer dizer, informação que não requer um texto ou um comentário para ser inteligível ou utilizável" (Diccionario de la Naturaleza, 1987). (DEA)
Dados Classificados: são valores que uma dada variável pode tomar dentro de certo intervalo. Estes dados são classificados ou agrupados em classes. (UL)

Dado Estatístico: é o resultado da observação de um atributo/variável qualitativa ou quantitativa. (UL)

Dados Simples: vão valores associados a uma dada variável e cuja representação é feita através de uma tabela. (UL)

Dados Métricos: também chamados de “dados quantitativos”, “dados intervalares” ou “dados proporcionais”, essas medidas identificam ou descrevem indivíduos (objetos) não apenas na posse de um atributo, mas também pela quantia ou grau em que o indivíduo pode ser caracterizado pelo atributo. Por exemplo, a idade ou o peso de alguém são dados métricos. (L1)

Dados Não-Métricos: também chamados de “dados qualitativos”, são atributos, características ou propriedades categóricas que identificam ou descrevem um indivíduo ou objeto. Diferem dos “dados métricos” no sentido de indicarem a presença de um atributo, mas não a quantia. Exemplos são ocupações (médico, advogado, professor) ou “status” do comprador (comprador, não comprador). São também conhecidos como “dados nominais” ou “dados ordinais”. (L1)

Definição do Problema: é a primeira fase do estudo estatístico e consiste na definição e formulação correcta do problema a ser estudado. (UL)

Densidade de População: Razão entre o número de habitantes e a área da unidade espacial ou político-administrativa em que vivem, expressa em habitantes por hectare ou por quilômetro quadrado. A densidade de população é também usada em ecologia para o cálculo da densidade de um conjunto de indivíduos de uma mesma espécie. "É um índice que mede o volume da população em relação a um território" (Sahop, 1978). "É a grandeza desta (população) em relação com alguma unidade espacial. Exemplificando, o número de indivíduos ou a biomassa da população, por unidade de superfície ou de volume" (Carvalho, 1981). (DEA)

Desvio Médio (d): é a média aritmética do valor absoluto da diferença entre cada valor e a média, no caso dos dados não classificados. No caso dos dados classificados, tem que se entrar em conta com a frequência absoluta de cada observação. Com n = nº de observações da amostra, tem-se para dados não classificados: (UL)


e dados classificados:



Desvio Padrão: é a raiz quadrada positiva da variância. Com n = nº de observações da amostra, tem-se: (UL)



Diagrama de Dispersão: é a representação num referencial ortonormado de um conjunto de pares ordenados de valores (x, y), onde cada par ordenado corresponde a uma observação. (UL)

Distribuição Bidimensional: é a representação de uma variável bidimensional (xi, xj), com 1 £ i £ n e xi e xj duas variáveis unidimensionais. (UL)

Diagrama de Caule-e-Folhas: o mesmo que separador de freqüências. (UL)

Diagrama de Extremos e Quartis: é um diagrama que representa os valores extremos e os quartis de uma variável estatística. (UL)

Distribuição de Freqüências: o mesmo que tabela de freqüências. (UL)